Voltar Para o Mapa

Florestan Fernandes Jr.

Não disse nada

Quando o Vladimir Herzog foi assassinado nas dependências do DOI-Codi, me envolvi muito na organização de repúdio a tudo aquilo. Atuava juntos aos DCEs das faculdades, etc. Em uma noite daquele período, fui cercado por três agentes que me ameaçaram dizendo que eu deveria parar senão algo me ocorreria. Que o meu pai, Florestan Fernandes, eles tinham que engolir, mas o seu filho, não. Lembro de não saber o que fazer e entrei em contato com o Fernando Henrique Cardoso, o qual me orientou a não dizer nada a meu pai, que isso era uma tentativa de intimidá-lo. Meu pai jamais ficou sabendo dessa história.

Mapa

Florestan Fernandes Jr.