Voltar Para o Mapa

Paulo de Tarso Barreto de Faria

Vieram me buscar

Em setembro de 1968, eu era garoto, tinha por volta de 16 anos e estudava em um colégio militar. Jovem com posições políticas fortes, me lembro bem de uma tarde em que tocou a campainha da minha casa um militar da escola dizendo à minha mãe, viúva há dois anos, que deveria tirar os filhos do colégio senão eles seriam expulsos. Essa é uma lembrança marcante.

Mapa

Paulo de Tarso Barreto de Faria