Voltar Para o Mapa

Shirlei

A filha do vizinho

Eu me lembro de quando era criança e muito grudada aos meus avós que moravam em São Vicente. Ele, um militar reformado e ela, uma dócil avó dona de casa. Nossa relação sempre foi regada de muito carinho. Mas, por volta dos meus 8 anos, a filha do vizinho, uma mulher linda e radiante, foi presa. A notícia para mim chegou nua, crua e carregada de ódio pelas palavras do meu avô: “Sabe a filha do vizinho? Foi presa! E foi muito merecido”. É claro que uma criança não tem meios para compreender a situação, mas lembro da minha dor no coração. Aquilo não fazia sentido. Me questionava por que aquela boa mulher pudesse ser presa e não conseguia entender a agressividade do meu avô.
Mais tarde quando eu já tinha 12 anos ela voltou. E a cena se repetiu, mas agora pelas palavras da minha avó: “Sabe aquela filha do vizinho? Tomou choque nas partes íntimas”. O aperto no coração voltou ainda mais forte. Passei a minha vida nessa dicotomia. Os meus avôs que tinham tanto carinho para comigo se mostravam tão cruéis com aquela moça.

Mapa

Shirlei