Conceitualismo

A arte conceitual utiliza fotos, textos, objetos e vídeos. Variante do minimalismo, o pós-minimalismo, também chamado de arte povera (arte pobre), influencia vários artistas. As obras são produzidas com materiais naturais, como água e terra, ou pouco industrializados, como barbante e corda. Na verdade, a obra como experiência estética ou sensorial deixa de ter importância, passando a fazer parte de uma proposição estética do artista, uma ideia que deveria provocar reflexão sobre o que é arte e qual seu lugar na sociedade.

Na década de 1970 se radicalizam as pesquisas em busca da liberdade de expressão, utilizando fetiches, objetos industrializados, e mesmo a síntese imagem-palavra. É a arte conceitual desmaterializando os processos artísticos. O conceitualismo marcou a obra de artistas brasileiros, como Cildo Meireles (1948), Waltércio Caldas (1946) e Regina Silveira (1939).

Links