Amaral Netto, o repórter

Deputado por oito vezes, Amaral Netto foi apresentador de um programa na TV Globo que exaltava o regime militar. O programa de documentários apresentava em tom ufanista grandes obras, como a hidrelétrica de Itaipu e a rodovia Transamazônica, e ainda mostrava regiões longínquas, exaltando o folclore dos lugares. Era o programa mais oficial da ditadura que existia na TV brasileira.

Skip to content