Humberto de Souza Mello

Nascido em 1908, Humberto de Souza Mello se tornou general de brigada em 1964, mesmo ano do golpe que estabeleceu a ditadura. Dessa data em diante, desempenhou funções de alta responsabilidade no governo militar, como a de comandante do 2º Exército. Foi nesse período que sofreu uma tentativa frustrada de sequestro por militantes da Ação Libertadora Nacional (ALN), em 1971. Eles chegaram a cercar o general na saída de uma igreja batista em São Paulo, mas tiveram que fugir para não serem cercados por militares agentes do governo que intervieram. O episódio não chegou a ser noticiado pelos jornais, então submetidos à censura. Mais tarde, ele seria nomeado chefe do Estado Maior das Forças Armadas, função que deixou de ocupar apenas para se tornar militar da reserva, em 1974, mesmo ano de sua morte.

Links

Biografias
da
ditadura