Maria Della Costa

Maria Della Costa (Gentile Maria Marchioro, Flores da Cunha, 1926). Atriz e produtora, Maria Della Costa foi a idealizadora de uma das primeiras companhias de teatro modernas, o Teatro Popular de Arte, depois transformado em Teatro Maria Della Costa. Foi ela quem convidou Gianni Ratto a vir para o Brasil pela primeira vez, na década de 1950. Sob a ditadura, protagonizou peças importantes, como Homens de Papel, de Plínio Marcos (1967), e Bodas de Sangue (1973), de García Lorca, encenada por Antunes Filho.