O bom burguês

Inspirado na história de Jorge Medeiros Valle, bancário carioca. Na trama ele é Lucas (José Wilker) e apoia financeiramente organizações revolucionárias distintas: uma contrária à guerrilha e outra, favorável à luta armada. Joana (Christiane Torloni) é irmã de Lucas, mas não sabe de suas atividades clandestinas.

Mas tudo pode acontecer após o sequestro de um embaixador suíço. Entre a tensão e a incerteza, Joana se apaixona pelo guerrilheiro Lauro (Anselmo Vasconcelos), o grupo é descoberto e seu líder, morto. Agora a identidade de Lucas está por vir à tona. E pelas mãos de sua própria irmã. Realizado após a Lei de Anistia de 1979, mas um ano após Pra Frente, Brasil, de Reginaldo Farias, o filme tem um tom conciliador, provavelmente por conta da preocupação em passar pelo crivo da censura, conforme declarou o diretor Oswaldo Caldeira em entrevista sobre a obra. Nesse sentido, por exemplo, trata da tortura como iniciativa privada, não política de Estado.

Skip to content