Quase dois irmãos

Nos anos 1970, quando o país vivia sob a ditadura civil-militar, muitos presos políticos eram levados para a Penitenciária da Ilha Grande, na costa do Rio de Janeiro. O filme conta a história de dois personagens, Miguel (Caco Ciocler e Werner Shünemann), um jovem intelectual de classe média, hoje deputado federal, e Jorge (Flavio Bauraqui e Antônio Pompeo), filho de um sambista, que começou fazendo pequenos assaltos e se transformou num dos líderes do Comando Vermelho. Hoje, começa um novo ciclo: Miguel tem uma filha adolescente, que, fascinada pelas favelas e pela transgressão, se envolve com um jovem traficante.

Skip to content