Repressão outra vez – Eis o saldo (1968), de Antonio Manuel

Esta obra traz capas de jornal modificadas pelo artista, com manchetes fortes e imagens da repressão policial. As telas foram impressas em preto e vermelho e são apresentadas cobertas com panos pretos, que se levantam a partir da ação do público, que pode puxar uma corda para vê-la.