Tortura

A tortura já existia havia muito tempo no Brasil, praticada inclusive pela polícia, política ou não. Os sequestros e espancamentos “punitivos” também eram comuns, praticadas por paramilitares ou militares, normalmente utilizados em situações de conflito político. Execuções extrajudiciais também passaram a ser frequentes, sobretudo no caso de criminosos comuns, depois da criação dos “Esquadrões da Morte”, no Rio de Janeiro e em São Paulo, entre o final dos anos 1950 e início dos anos 1960. Os esquadrões da morte eram bandos imorais e violentos, que vendiam proteção a criminosos mais ricos e participavam do lucro com o tráfico de drogas, principalmente. Além disso, esses esquadrões vingavam policiais mortos por bandidos.

Skip to content